3ª Guerra Mundial fica mais evidente

Tudo pronto para a 3ª Guerra Mundial

3ª Guerra Mundial:  Avançando um pouco sobre o que escrevi numa postagem anterior (A 3ª Guerra Mundial já começou), não será preciso muito espaço para mostrar como o panorama político piorou bastante nestas últimas semanas.

A revolta islâmica se espalhou e levou o “Inverno islâmico” a outros países. O suposto motivo foi a divulgação do filme “Inocência dos Muçulmanos”, uma bobagem sem importância que está sendo usada por ambos os lados desta guerra de nervos entre Oriente e Ocidente, guerra que a cada dia está mais aflorada. Escreverei sobre esse ponto específico em breve (até porque tem relação direta com o que vai a seguir), agora falaremos sobre o conflito mais evidente e mais importante do ponto de vista das possíveis consequências envolvidas.

Irã x Israel

Nos EUA a instabilidade nas relações entre israelenses e americanos pode influenciar as eleições e as posteriores ações do futuro presidente. Apesar dos crentes em Barack Hussein Obama, o Iraque e o Afeganistão estão ainda piores do que antes e ninguém sabe o resultado futuro das rugas entre o candidato americano e o Primeiro Ministro de Israel. Obama parece não estar alinhado com Benjamin Netanyahu e já deixou isso claro em uma conversa com Nicolas Sarkozy e em outra com Dmitri Medvedev. Os fatos: Mitt Romney já declarou total apoio a Israel nesse entrevero com o Irã; jogando para a torcida Obama fica sobre o muro e irrita os dois lados: despreza Israel e ameaça o Irã.

Por outro lado, Israel não parece disposto a esperar a definição das eleições americanas e pressiona para conseguir o apoio americano a um ataque “preventivo” contra o Irã ainda em Outubro. Segundo blogs israelenses, o IDF (Israel Defense Forces) está pronto para agir e espera apenas o apoio moral e logístico dos EUA. Por “logística” devemos entender ao menos um grande porta-aviões no Golfo Pérsico para abastecer a Força Aérea Israelense e os mísseis anti-bunker capazes de danificar as instalações nucleares iranianas situadas estrategicamente a 60 metros de profundidade. 

Um suposto (e complexo) plano de ataque vazou para um blog de Jerusalém. Um militar de alta patente que teme as conseqüências de um ataque ao Irã, teria vazado o plano que elenca 31 alvos, todos eles relacionados ao Programa Nuclear Iraniano. A descrição da tática e das armas necessárias é bem detalhada e coerente com a realidade estrutural e geográfica, o que dá credibilidade ao relato. Segundo este militar, que obviamente não se identificou, o sistema de proteção antiaérea israelense, um dos mais eficientes do mundo, não seria capaz de resistir à retaliação, esperada na forma de uma chuva de morteiros (até 30.000 são esperados no primeiro dia!).

Para colocar ainda mais pólvora nessa história, esta semana os líderes iranianos falaram contra Israel (Ali Housseini Khamenei na Tv e Mahmoud Ahmadinejad na ONU) e até ameaçaram um “ataque preventivo”. Netanyahu, que já ameaçou o Irã com o mesmo tipo de “precaução”, também foi duro na ONU, e fez até um desenho para ilustrar suas preocupações com programa nuclear do Irã. 

Falta apenas a faísca... 

(continua)

.

2 comentários:

Fada do bosque disse...






Oi Ale,

Tão preocupados andam os israelitas com o programa nuclear iraniano e estão a dar apoio ao programa nuclear da Jordânia!
São tão hipócritas, tão hipócritas que nunca, mas nunca, permitiram a AEIA a inspeccionar Dimona, que além de armas nucleares produz armas biológicas terroríficas.

Afinal quem manda mesmo nos EUA, parece serem os judeus e parece pouco relevante qual dos candidatos vai ganhar... da vez que não façam como JF Kennedy, que se lembrou de mandar os inspectores nucleares a Israel e desapareceu do planeta num instante.

Quanto à 3ª guerra terá de vir. Os EUA,este ano exportaram 85% do armamento no mundo e terão de lhe dar uso, senão caduca. Aliás o capitalismo só se poderá manter se houver destruição para voltar reconstruir. Essa técnica é já a inerente ao sistema capitalista.
A China e o Japão faíscam há já imenso tempo também. Tal como no século passado, vão ser estes na vanguarda da guerra mundial. Quando estes começarem, Israel irá atacar o Irão. Tal como o Iraque, o Irão não é uma ameaça nuclear. Isso apenas serve de desculpa para a hegemonia do petróleo no Médio Oriente e se há coisa que me deixa furiosa, são esses malditos terroristas impostores que estão a dizimar o Ocidente.

Um abraço e parabéns pelo excelente post

Le Gall : Décrypter Le Système Pyramidall disse...

Israël est le centre maudit lié à la Haute-Finance juive sioniste, Rothschild !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...