Catedral de São Basílio - Feliz Aniversário

Catedral de São Basílio 

Para o clima de sábado, uma comemoração. Esta semana fez aniversário uma das obras mais marcantes da História: a Catedral de São Basílio, em Moscou. Sua construção durou 6 anos, terminou em 1561 e foi consagrada em 1589. Devido a todos percalços históricos, sua longevidade é um milagre!

Concebida pelo imperador Ivan IV da Rússia, mais conhecido como Ivan o Terrível, a catedral nasceu como uma capela em comemoração à tomada da cidade de Kazan. A ideia inicial era construir, ao redor da torre principal, uma capela para cada um dos santos em cujo dia o Czar ganhou uma guerra ou batalha. Esta criação única da arquitetura visava estilizar uma fogueira com as chamas direcionadas ao céu. Mais tarde ganhou cores vivas e ficou ainda mais inédita. E como ficou bonita!

Catedral de São Basílio - Detalhe das cores, que mudam com frequência

Fincada no centro geométrico de Moscou, a imponente catedral ortodoxa transformou este também em centro espiritual do povo russo. 

Diz a lenda que o arquiteto Postnik Yakovlev teve seu olho furado pelo Imperador, para que nunca mais fizesse algo tão maravilhoso. (!)
.

Sobre o Ateísmo - Apenas para lembrar!


Nada a oferecer!
Hoje em dia está na moda  declarar-se ateu ou agnóstico. Quando você aperta o descrente usando a lógica, no entanto, ele pula fora usando todas as ferramentas do relativismo ("ninguém sabe", "não existe verdade" e blá blá blá) e se você insistir, ele tenta invalidar a lógica. Tive outra experiência deste tipo hoje...

Pensando bem, acho que o ateísmo deve se intensificar muito nos próximos anos. Não espontaneamente, claro, já que a seita ateísta nunca foi espontânea. Desde que o homem é homem as civilizações não apenas acreditaram em Deus, mas criaram suas sociedades moldadas por este fato, por este dado da realidade. 

O ateísmo, para prosperar entre as pessoas, teve que ser turbinado com décadas de revolução cultural e bilhões de dólares. Creio que o crescimento do ateísmo, como vem ocorrendo desde o Século XVIII, será incentivado ainda mais num futuro próximo. Para quem está no comando desta Nova Ordem Mundial que está sendo implantada paulatinamente, quanto mais burro o povo estiver, melhor. E convenhamos, para quem pretende criar um poder totalitário, indestrutível e eterno, nada melhor do que dominar um povo que acredita que tudo é uma obra do acaso, nada faz sentido e não existe verdade. 

Para quem quer manipular a verdade, o relativismo cai como uma luva. O livro 1984, do George Orwell, deveria lembrar a todos que é necessário relativizar para se reescrever a história contando apenas o que interessa sem sofrer resistência.

Encaro o ateísmo como uma forma bem rasteira de burrice, uma incapacidade de percepção e, indo mais fundo, uma deficiência imaginativa, já que a existência de Deus não é um "ente", um objeto; também não é um tópico de discussão dialética, muito menos uma questão de crença, mas sim um fato auto-evidente que constitui a própria estrutura da realidade. 

O pior é que mesmo com a lógica, com todas as evidências, todos os argumentos nunca refutados, existe ainda uma coisa muito mais importante: as experiências espirituais pessoais de bilhões de pessoas ao longo de pelo menos 6.000 anos, algo que ultrapassa a importância das evidências e invade o campo da prova. 
.

A 3ª Guerra Mundial já começou

As peças já estão no tabuleiro
No dia 28 de junho de 1914 uma morte originou uma série de acontecimentos e um mês depois teve início, oficialmente, a Primeira Guerra Mundial. Lendo um pouco sobre o panorama político daquela época é possível perceber que o assassinato do Arquiduque Francisco Ferdinando, herdeiro do Império Austro-Húngaro, teve forte influência, mas não foi o único fator que desencadeou a primeira guerra de proporções globais de toda História. Bem antes deste crime, que foi atribuído a um integrante da sociedade secreta Mão Negra, fatores muito importantes já agiam por baixo do pano das relações diplomáticas.

Analisando também a Segunda Grande Guerra ou qualquer outro grande entrevero armado é possível identificar que antes do estouro de uma guerra muitos fatos vão se acumulando, criando um ambiente aparentemente caótico, ideal para a eclosão de um conflito.

Para efeito de comparação, há quase um século estes eram alguns dos fatos em destaque, que de uma forma ou de outra colaboraram decisivamente para a eclosão da guerra:
  • Corrida armamentista
  • Disputas de hegemonia política
  • Alianças frágeis
Olhando para este início de Século XXI, é evidente que estes três fatores se repetem pelo menos desde 2001, e também é possível perceber alguns outros, frequentemente mais perniciosos e influentes, e outros ainda, cujos efeitos podemos apenas imaginar, já que são inéditos na História.
  • Irã atômico
  • Guerra civil na Síria
  • Falência econômica mundial
  • Crise do dólar
  • Revolta Islâmica
  • Perseguição aos Cristãos
  • Carnificinas em vários pontos da África
  • Instabilidade na Coréia do Norte
  • Formação de um eixo comunista na América Latina
  • Aproximação Russo-Chinesa
Para ter noção da real situação política que se encontra o mundo, devemos ainda lembrar que além dos problemas insolúveis que envolvem religião, política, comércio, cultura e as outras picuinhas que separam os povos, existem também aqueles cujos interesses estão diretamente ligados aos meios ou resultados necessários ou previstos para uma guerra.  Sem esquecer, evidentemente, dos bancos internacionais, já que não existe nada melhor para endividar um país do que colocá-lo em uma guerra.

Sem precisar pensar muito: a indústria das armas, dos medicamentos, da energia e do combustível, apenas para citar alguns, obtém lucros fabulosos com revoluções, guerras, revoltas e conflitos armados de maneira geral. E para os céticos é bom frisar que a História já provou que mesmo em uma guerra mundial, sempre é possível a alguns alcançar lucros mágicos e abrigar-se em segurança enquanto muitos morrem em vão.

Estando claro que o ambiente está pronto e sabendo que os interesses diabólicos estão atuando como nunca, as chances de que os desdobramentos futuros levem o mundo a uma guerra são enormes.

Concluindo, a 3ª Guerra Mundial já começou e falta apenas um fato agudo, aquele que vai ficar para a História como responsável pela eclosão do conflito.
  • O Irã usará sua bomba?
  • Israel vai atacar preventivamente o Irã?
  • A Síria vai se tornar uma Líbia bem armada?
  • Teremos (mais) algum assassinato?
  • Surgirá um novo eixo?
Não sei, mas sei que qualquer um destes fatos pode se desdobrar e envolver muitas nações; e como se diz, é possível saber como começa uma guerra, mas nunca se sabe como ela termina.

Que Deus nos proteja!
.

O Ateu e a Bíblia


Quero deixar aqui uma dica de blog muito interessante. Acabei de descobrir o "Discursos de Cadeira" e já deu pra perceber que vale a pena ser lido. 

Gostei muito da postagem "O Ateu e a Bíblia", que começa assim: 

"Posso compreender perfeitamente, e até mesmo respeitar, tua crença de que a Bíblia não é uma revelação divina. Afinal, isso depende de alguma fé, e esta pressupõe alguma experiência e comunhão com Deus. No entanto, negar que sobre suas letras a civilização na qual vives e da qual usufruis fora construída chega às raias da ignorância."

Outro trecho magnífico:


"Atenta que quase todos os grandes pensadores da história, mesmo os não cristãos, tiveram para com essse Livro um respeito tal que apenas demonstra que tua atitude para com a Bíblia é algo dissonante. É que eles, intelectuais que eram, reconheciam nela uma profundidade existencial inigualável. Também percebiam que de suas letras jorrava um fundamento seguro para a moral e para as relações humanas."

Bravo!
.

Uma nota sobre o Egito

Praça Tahrir, no Cairo - Egito

Passados pouco mais de um ano desde a eclosão das revoluções no mundo islâmico, fica claro que todos os “especialistas” brasileiros que opinaram sobre o assunto erraram miseravelmente.

Nossa imprensa amadora – na melhor das hipóteses - não foi capaz de perceber que as revoltas não surgiram espontaneamente no Facebook, como dezenas de jornalistas disseram e idiotas repetiram feito papagaio, mas foram financiadas e orquestradas com maestria por grupos poderosíssimos do Ocidente e do Oriente, que incentivaram o racha secular que existe dentro do Islâ, além de turbinar o ódio ao Ocidente. 

Evidentemente, o desejo de liberdade é inerente à vida humana, e ser livre é um direito natural de todo e qualquer ser humano. Não acredito, no entanto, que tenha surgido, feito mágica, toda essa onda de protestos que começou na Tunísia, passou pela Líbia e Oriente Médio e avançou até mesmo para a Europa. Haja espontaneidade e coincidência temporal! E também não acredito que esta revolução vá trazer qualquer benefício para o povo Egípcio. Muito pelo contrário...

Pense nisso: os objetivos, evidentes desde o primeiro grito na Praça Tahrir, estão se concretizando um a um:
  •          Poder nas mãos da Irmandade Muçulmana
  •          Negociações de paz entre Israel e Egito começam a ruir
  •          Diminuição das transações comerciais com Europa e EUA
  •          Mudanças na Constituição Egípcia
  •          Afastamento do Ocidente
  •          Retorno das relações com o Irã
  •          Investimento militar dispara
  •          Implantação da sharia
.

Patrulhamento chatológico

Pthirus pubis *
A pressão do ativismo politicamente correto é uma coisa insuportável. Nada mais chato do que o patrulhamento ideológico, que hoje se espalha por quase todas as áreas da vida humana. 

E aqui no blog não poderia ser diferente. Desta vez foi o típico chato-vegetariano. Dois deles. Em toda reunião de gente chata existe um vegetariano, que quase sempre se ofende com facilidade e nunca percebe que a defesa da sua "tese" quase sempre "demonstra" que os carnívoros são "agressivos", irracionais", "intempestivos"... Eles se ofendem com uma piada gráfica, mas se acham no direito de chamar de "violento" qualquer um que não se renda à sua doutrina estúpida e anti-natural. 

Nem queria entrar nesse assunto, e até por isso meu outro post se chama "argumento definitivo", que quem viu reconhece a brincadeira, evidentemente. Mas no Brasil de hoje as pessoas não conseguem mais diferenciar uma coisa da outra. Para este bando de zumbis dominados pelo politicamente coreto, o ativismo deve estar presente 24 horas por dia. 

Voltarei ao assunto em breve...


Pthirus pubis não é um vegetariano ativista, mas é tão desagradável quanto.
.

Quer ouvir algo realmente bonito? Ouça Mozart. Nunca falha!




Sonata para 2 Pianos - Mozart - Sviatoslav Richter com Benjamin Britten

.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...