Você conhece o B.I.F.E. ?



Você conhece o B.I.F.E. ?

O Brasil é um país bizarro. Além das Organizações Não Governamentais que vivem do dinheiro público, agora temos também o BIFE: Blogs Independentes Financiados pelo Estado.

Em um país sério não existiriam, mas diante da imbecilidade brasileira, conquistaram certa influência entre leitores desinformados e internautas ingênuos.

Feito uma legião, atuam em conjunto, repetindo e repetindo falácias com homogeneidade impressionante. Mais governistas que o próprio governo, não demonstram qualquer constrangimento ao defender causas indefensáveis e mudam de idéia de acordo com a estratégia de seus mestres. Como se não bastasse o desprezo pelos fatos em detrimento de seus interesses políticos, desprezam também a lógica, a História, as leis...

Para cada crítica ao governo eles reagem coletivamente, repetindo sempre a mesma ladainha e tentando mudar o foco da discussão. Embora sejam intelectualmente desprezíveis e seus textos recheados de mitificações, palavras de ordem e humor de gosto duvidoso, algumas de suas bobagens circulam pela Internet como se fossem verdades irrefutáveis.

Como não têm compromisso com a verdade, apenas com sua ideologia, não percebem ou não se importam com as incoerências de suas idéias. Ao mesmo tempo em que criticam a democracia israelense ou americana, por exemplo, elogiam paraísos democráticos como Venezuela, Cuba, China, Coréia do Norte, Faixa de Gaza, Irã...

Com raríssimas exceções, são incultos, mas não são burros. Colocam-se na posição de “jornalistas independentes” da “imprensa alternativa” para os seus leitores bobocas, mas no fundo sabem que não passam de burocratas obedientes, paus-mandados que vestem qualquer camisa que lhes imponham seus “superiores”. Até a censura defendem, usando, é claro, de eufemismos como “regulação”, “controle social” e outras figuras de linguagem.

Sem qualquer receio de subestimar a inteligência de seus leitores, criam fantasias alucinadas, repletas de conceitos ultrapassados, desmentidos ou refutados. Mesmo assim, como estamos no Brasil do Século XXI, emplacaram algumas expressões, repetidas à exaustão:

“Partido da Imprensa Golpista “(PIG): segundo o BIFE, a grande mídia conspira contra o coitadinho do governo “popular”. O fato de o governo brasileiro gastar mais dinheiro com propaganda do que com a saúde e educação não importa. Também não tem importância a total ausência de críticas realmente contundentes na grande imprensa.

“Tudo culpa das elites”: o fato dos membros deste governo estarem no poder há 10 anos é bobagem. Outra bobagem são as alianças com os setores mais retrógrados do país e o apoio das grandes fortunas, dos bancos e das multinacionais. Para o BIFE, “as elites” são sempre “os outros”.

“Conspirações da Direita Conservadora”: mesmo após o líder máximo da esquerda e ídolo supremo desse povo reconhecer a inexistência da direita, o BIFE insiste em rotular qualquer adversário político como “direitista”, “conservador”, “reacionário”, sempre ideologizando as palavras e desprezando o dicionário.

“São todos nazistas e fascistas”: Quem discorda do BIFE, das chamadas ações afirmativas ou de alguma decisão governamental é logo taxado de nazista ou fascista. Para eles, matar milhões de pessoas é o mesmo que ter uma opinião contrária.

- x -

Dica: para identificar um BIFE, basta procurar por algumas palavras e expressões. Elas sempre estão presentes:

“Burguês imperialista”, “estadunidense”, “mídia burguesa”, “mídia golpista”, “imperialismo ianque”, “direita midiática”, “controle social da mídia”, “regulação da mídia”, “elite imperialista”...

Concluindo, se eles são patéticos, o que dizer de quem ainda acredita neles?

Leia também: Ainda sobre o BIFE e seus leitores

.

19 comentários:

Anônimo disse...

O cordão dos puxa-saco, cada vez aumenta mais...

dr. Pretinho disse...

gostei dessa post. a mídia está toda amestrada, alguns ainda disfarçam, mas o BIFE (kkk) não tem nem vergonha.

Anônimo disse...

bife é muito boa, vou compatilhar

Anônimo disse...

UMA DE SUAS MELHORES POSTAGENS, CARA PÁLIDA

Rebecca disse...

Muito boa esta postagem, caro Ale.

Idevam disse...

parabéns pelo post sabias palavras o nosso país esta em um caminho perigoso e eu não vejo retorno a médio Prazo o povo se perde por falta de sabedoria e triste agora a midia esta se alinhando com essa faquição criminosa chamada pt

Don Corleone disse...

Também tem outras expressões usadas bastante por feministas, que são tosas esquerdistas: patriarcado, cultura do machismo, cultura do estupro, libertação da mulher e muitas outras. Se tiver essas expressões mais usuais estamos diante de um blog esquerdista, dono da verdade, oráculo da sabedoria, qualquer um que ponderar algo contra está errado, é retrógrado e privilegiado

Silvia Malamud disse...

Gostei do nome, estão em todos açougues.

Parabéns pela abordagem.
Silvia Malamud

Ale Costa disse...

Um anônimo e pouco alfabetizado leitor do BIFE veio aqui escrever um comentário de duas linhas recheado de erros de português e não conseguiu entender que o nome do site nada tem a ver com a postagem. É incrível, mas ele conseguiu!

Como era de se esperar em um leitor do BIFE, não tem coragem de assinar o comentário - nem mesmo com nome falso; não consegue desenvolver um raciocínio além de uma frase e mesmo em duas linhas, não consegue manter um mínimo de coesão. E como sempre ocorre com esses jumentinhos amestrados, acha que "apavorou".

A você, Anonimete, seja um pouco mais adulto, sei que é difícil para alguém como você, mas faça pelo menos um esforço. E escreva algo com mais de um parágrafo (sabe o que é um parágrafo?), estruture suas idéias, tenha coerência na exposição.

Outra coisa que os leitores do BIFE precisam entender (sei que é duro pra eles) é que não se refuta algo alegando apenas "preconceito pelo menos favorecido". Na verdade, isso apenas reforça e confirma o que escrevi.

Da próxima vez, antes de comentar peça para alguém ler a postagem para você.

Anônimo disse...

falou e disse
tomoki

Sensibilidade a navegar com poesias disse...

Parabéns pelo Blog, gostei...me visite

Aprisco Cristão disse...

Observação perspicaz. Falta agora saber o que fazer com ela.
Sem os "por quês" não se atinge visão sistêmica relevante, de nada serve a informação.
Por quê existem pessoas assim?
Para quê?
Tenha respostas sólidas e congruentes para estas perguntas e vc estará em lugar diferente das mentes que analisou.

Ale Costa disse...

Acabo de publicar uma postagem em resposta a vários comentários deletados. Corrigir uma bobagem sempre exige mais trabalho do que dizê-la.

Leiam: Ainda sobre o BIFE e seus leitores

http://ordem-natural.blogspot.com.br/2012/12/ainda-sobre-o-bife-e-seus-leitores.html

Anônimo disse...

MUITO BOA POSTAGEM. ESTAREI SEMPRE AQUI, FREQUENTADOR ASSIDUO
#ANTONIOTONIO

Anônimo disse...

O mundo não é uma via de mão única. Os erros de português não são exclusividade de comentaristas desta ou daquela "facção", basta ler comentários desta postagem. E pergunto: onde estão os comentários sérios, digo, sem ofensas, daqueles que não concordam com o raciocínio exposto? Há algum tempo deixei de lado as questões ideológicas, por crer que existe um caminho pré-determinado para a humanidade, não importa quem, ou o que, esteja no poder. Bife (como você diz) e Pig fazem apenas um jogo de espelhos, criando falsa sensação de duas correntes ideológicas em todo o planeta. Tal qual norteamericanos crerem que de fato democratas e republicanos sejam diferentes. Isto não é exclusividade na terra do tio Sam. Não sei se exagero, mas me parece que quase a totalidade do globo trabalha sob uma mesma diretriz. Minha impressão é que os senhores globalistas têm feito um "grande trabalho", não só no que se refere a pseudo-ideologização da sociedade, como também, e esta pior, na segregação religiosa. Quem não é atingido pela primeira, dificilmente deixará de ser atingido por esta outra doença dos nossos dias. Vejo mentes a serviço - não sei se de forma voluntaria - das elites pregando contra o ecumenismo. Ecumenismo... nestes nossos tempos de terror de Estado, das gigantes corporações bélicas, à quem ele pode interessar? Tempos da desmontagem do aparelho de Estado na preparação do totalitarismo corporativo que se avizinha.

Peço perdão pelos possíveis erros gramaticais e gostaria apenas de me reservar o direito ao anonimato para evitar desgastes desnecessários. Gostei do conteúdo do blog, mas assim como você, que deixou mensagem em outro blog, também não sou concordante com tudo que leio - e acrescentaria -, vejo e ouço pela rede e nos demais meios midiáticos.

Felicidades e muita paz.

Anônimo disse...

Acho mil vezes mais importante, como tem feito o governno petista, em gastar com patrocínio de mídia do que pagar melhor funcionários. Pois, se ficar dependendo só do que diz o PIG as nossas estatais nem existiriam mais e, portanto, nem esses empregos.

Ale Costa disse...

Pelo raciocínio viciado e até imoral, tenho absoluta certeza de que o anônimo acima é um leitor do BIFE...

Anônimo disse...

Ferro nas urnas, histeria na internet....

Ale Costa disse...

Ei Anônimo, você sabia que Hitler também fazia sucesso nas urnas? Saddam e os irmãos vigaristas cubanos também alcançaram "aprovação de mais de 90% da população" e isso não fez deles pessoas melhores...

Audiência nunca significou qualidade... na maioria das vezes acontece exatamente o contrário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...