Brasil, um país de fofoqueiras


O Ataúro, blog do meu amigo Cirilo, fez esta semana uma postagem interessante, bastante representativa e que demonstra um fato que nos leva a algumas deduções lógicas.

Cirilo comenta uma notícia que encontrou por aí:

Briga de Panicats vai para a Justiça: "Vamos ver quem vai rodar!"
Depois de ser acusada por Nicole Bahls de sacrificar animais para macumba, Juju Salimeni diz que já acionou seu advogado.

A primeira e mais evidente dedução da notícia pinçada pelo Cirilo trata da inegável decadência da imprensa e do jornalismo - com raríssimas exceções. Esta queda na qualidade dos meios de comunicação é tão visível que alguns enfoques dados a notícias de destaque não eram nem sequer imaginados poucas décadas atrás. Uma rápida análise nos temas e assuntos que a imprensa achou por bem destacar e chegamos a duas possibilidades: ou o povo brasileiro é um bando de fofoqueiros obsessivos, ou os jornalistas é que o são, e fazem suas escolhas pensando que o povo comunga de seu gosto vulgar.

Se a primeira dedução parte da forma que se dá a informação, uma segunda dedução utiliza como evidência o  conteúdo da mensagem. O termo celebridade, no mundo de hoje, inverteu seu significado. Célebre é aquele que fez algo de notável e não aquele que pretende fazer algo de notável após a conquista da celebridade. Esta inversão dos valores tem raízes muito profundas, que precisariam de uma explicação mais ampla, mas seus objetivos são visivelmente ideológicos e alinhados com outras ações - entre elas a destruição da linguagem, da qual falei na postagem anterior.

Tanto na forma como no conteúdo, o exemplo do Ataúro reúne o que existe de mais significativo na desgraçada imprensa de nossos dias: vulgaridade, futilidade, imbecilidade, valorização do inútil e incapacidade de perceber a beleza, a justiça e a bondade - na definição dos antigos gregos, " Apeirokalia ".  Exatamente por isso a postagem do Cirilo é perfeita para ajudar a compreender o estágio em que estamos e o futuro negro que nos espera, já que não me parece provável um imediato desvio de rota. 

PS: O Cirilo gentilmente me coloca como aquele que grita contra a burrice contemporânea e isso muito me agrada, afinal o intuito do meu blog é contribuir para incentivar a inteligência e difundir conhecimento, e uma das formas que encontrei foi "escancarar para exterminar" as burrices, principalmente as minhas.

.

4 comentários:

Simone Audrei disse...

Concordo em gênero, número e grau.
Os noticiários viraram verdadeiras revistas de fofoca. Uma notícia mais tosa que a outra, apoio sua luta contra a burrice mundial.
Abraço.

Alê disse...

Por isso não assisto TV a mais de 03 anos,

María disse...

No sé si te refieres a un "chisme" en concreto, pero pienso que son igual de perjudiciales por escrito o de boca a oreja que cuando llegan al último pueden ser totálmente diferentes las historias a como se comenzaron a contar...
En fín, un besito y que trengas una bonita semana :)
María

Cirilo Vargas disse...

Grande Ale, muito obrigado pela lembrança do Ataúro. Suas colocações são pontuais, como de costume. O absurdo tomou ares de trivialidade. Haja dramin! Um abraço.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...