Patrulhamento chatológico

Pthirus pubis *
A pressão do ativismo politicamente correto é uma coisa insuportável. Nada mais chato do que o patrulhamento ideológico, que hoje se espalha por quase todas as áreas da vida humana. 

E aqui no blog não poderia ser diferente. Desta vez foi o típico chato-vegetariano. Dois deles. Em toda reunião de gente chata existe um vegetariano, que quase sempre se ofende com facilidade e nunca percebe que a defesa da sua "tese" quase sempre "demonstra" que os carnívoros são "agressivos", irracionais", "intempestivos"... Eles se ofendem com uma piada gráfica, mas se acham no direito de chamar de "violento" qualquer um que não se renda à sua doutrina estúpida e anti-natural. 

Nem queria entrar nesse assunto, e até por isso meu outro post se chama "argumento definitivo", que quem viu reconhece a brincadeira, evidentemente. Mas no Brasil de hoje as pessoas não conseguem mais diferenciar uma coisa da outra. Para este bando de zumbis dominados pelo politicamente coreto, o ativismo deve estar presente 24 horas por dia. 

Voltarei ao assunto em breve...


Pthirus pubis não é um vegetariano ativista, mas é tão desagradável quanto.
.

5 comentários:

Fada do bosque disse...

Muito bem visto e muito bem escrito!
Essa nova moda de ser vegan, vem das doutinas do NEW AGE.
Pensam que estão a inovar quando estão apenas a ser formatados para novas crenças e dogmas ou para serem confundidos!
Aliás, não será nunca assim que vão evitar o sofrimento dos animais que são produzidos para comer... isso é outra crença. Para tal, seria necessário acabar com a globalização e com o capitalismo predador. Sou das pessoas que mais se preocupa com os animais, e sei que quando eram produzidos para subsistência, tinham vida e morte digna! O capitalismo impôs a proibição aos lavradores de matar para comer e agora vê-se, no que isso foi dar e acredite, que mais ninguém gosta tanto de animais, do que aqueles que os criavam ao ar livre na Natureza, independentemente de serem para comer ou não. Vida digna, morte digna.

Deixe chegar o apocalipse que os vegans até canibais se tornam para sobreviver... quer apostar?

Quanto ao New Age ainda:

Esses grupos new age, em geral, não chegam a ter um caráter muito prejudicial à maioria das pessoas, embora as façam perder tempo em coisas sem o menor valor. Há, entretanto, certos grupos não exatamente new age - mas que podem e certamente vão se aproveitar dessa onda - onde se observa uma pseudo-doutrina que toma elementos tirados ao acaso de doutrinas orientais autênticas. A característica dessas organizações é fundir num mesmo caldeirão elementos das mais diversas procedências produzindo uma pseudo-doutrina sem a menor unidade espiritual, sendo que cada um pode achar nelas aquilo que bem quiser (e esse é o caso de uma certa Sociedade Teosófica). O que caracteriza uma doutrina espiritual autêntica é a harmonia que existe entre os princípios doutrinais e os métodos de realização espiritual. Assim, não se pode admitir que um cristão recite um mantra hindu, que um budista medite em Cristo ou que um judeu receba a comunhão. A harmonia espiritual não permite que uma forma religiosa se misture com outra forma que lhe é estranha, pois isso criaria um "choque" entre os "suportes" psíquicos que veiculam as influências espirituais em ação. O estudo comparativo das religiões é uma coisa, misturá-las na prática como fazem as seitas é outra bem diferente...

Confesso que também estou farta de chatos e carrapatos.

Um grande abraço.

Fada do bosque disse...

Veja o 15º "mandamento" do New Age segundo a wikipédia:

15- A comida que comes afecta-te a mente assim como o corpo. É preferível comer comida vegetariana. A carne tem por base a morte de animais, é por isso um alimento que tem dentro uma carga de violência.

Fada do bosque disse...

E já agora veja esta "pantomina":

«A "Nova Era" não é vista por seus seguidores como uma religião propriamente dita, mas apresenta propostas de vida religiosa. Não é um movimento filosófico propriamente dito - pois não parte de construções racionais para justificar suas proposições -, mas tenta dar respostas (ditas) filosóficas a questões existenciais. Não é uma ciência, mas busca alicerçar-se em leis científicas (ou pseudocientíficas).»

http://pt.wikipedia.org/wiki/Nova_Era

Maravilha, não?! Isto para confundir a populaça é mesmo excelente!

Abraço

Fada do bosque disse...

Veja ainda este artigo sobre o New Age

pedro goulart disse...

Chega a assustar!
Falam de religião com muita propriedade; falam de Deus até com uma certa autoridade.
Mas aí pergunto: Será que Deus errou tanto assim no projeto do ser humano que, para se alimentar, é necessário matar? Atos de violência para saciar a fome? Ou não existe a palavra violência quando se trata de animais?
Outra pergunta: Será que Deus errou tanto assim neste projeto, onde o homem precisa de usar papel higiênico depois de evacuar? Estranho não? NENHUM animal IRRACIONAL precisa se lavar depois de evacuar. Sabem por quê? Porquê se alimentam corretamente. Mais uma, por quê NENHUM animal IRRACIONAL precisa de escovar os dentes depois de se alimentar? Respondo, por quê sabem se alimentar!
Ou seja, está mais do que comprovado de que o ser humano NÃO sabe se alimentar - a não ser, é claro, os VEGETARIANOS. Carnívoros comem carne in natura, quente; ser humano não passa de um carniceiro nojento, verdadeiras hienas!
Outra pergunta: quando vêem um boi num pasto começam a salivar? E um carneiro; sentem vontade de sair correndo atrás, com vontade de "rasga-lo" e devora-lo alí no pasto mesmo?
Ora, façam-me um favor seus carniceiros; não me venham com essas "conversinhas fiadas" para o meu lado, tenham dó! Não passam de hedonistas querendo justificar suas fraquezas. E outra coisa, sou yogi e, obviamente, vegetariano; DESAFIO vocês a testes de saúde, resistência, força, elasticidade, flexibilidade, alongamento, tonificação, concentração, poder de foco, meditação e o que mais desejarem. Topam? hehe...
Tenham, pelo menos, compaixão dos animais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...